Conversa - CVV - Setembro Amarelo, um relato


Incentivada pelas organizações CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina)e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria) desde 2014 o Setembro Amarelo visa a conscientização sobre a importância da prevenção do suicídio em todo o Brasil.

O mês de Setembro foi contemplado para essas ações pois no dia 10 acontece o dia mundial da prevenção de suicídio.

O CVV – Centro de Valorização da Vida (uma das principais mobilizadoras do Setembro Amarelo) é uma entidade sem fins lucrativos que atua gratuitamente na prevenção do suicídio desde 1962, membro fundador do Befrienders Worldwide e ativo junto ao IASP – Associação Internacional para Prevenção do Suicídio), da Abeps (Associação Brasileira de Estudos e Prevenção do Suicídio) e de outros órgãos internacionais que atuam pela causa.

E sempre que você estiver em alguma situação ao qual o suicídio se faz presente em seus pensamentos, ligue 141 com calma e tente procurar um especialista que te ajude com o problema.



Depressão é coisa séria! Deve ser tratada com seriedade.


Sabe porque eu resolvi falar um pouco do CVV?

Pois eu estive recentemente numa situação que me fez perder completamente as rédias de muita coisa que eu acreditava. E desde 2016, principalmente por causa do estresse em meu trabalho, com péssimos gestores, minha cabeça permeou esses pensamentos terríveis que só me fizeram mais fraco e numa viela sem saída.


Recentemente, o descontentamento com meu próprio eu, somado com a infelicidade no trabalho e o medo por não saber se está trilhando o caminho correto me fez entrar em pânico. Não consegui resolver um conflito com uma cliente e acabei todo quebrado, tomando dois remédios tarja preta e um antidepressivo.

A crise de ansiedade somada com problemas familiares e a falta de vontade e alegria em tudo em minha vida me fizeram quebrar. Até hoje eu pago o preço por causa do ano passado quando também tive uma crise de ansiedade e tristeza sem fim, falta de prazer em tudo que fazia. Tudo isso foi me quebrando aos poucos.

As pequenas dificuldades que se transformam em imensas barreiras, arrematam meu espírito de uma forma que você não tem como agir. É um vazio imenso, um estado incompleto de dissabores que chega a ser desesperador e dói. Enquanto muitos achavam que eu estava trabalhando em alguma coisa que eu gostasse, ou tentando me divertir um pouco, a realidade era que eu estava na minha cama, sem vontade pra nada, sem imaginar como seria minha perspectiva de vida. Praticamente choro todas as madrugadas quando eu sinto que esse vazio no meu peito parece nunca se completar. É como se você tivesse um milhão de pessoas ao seu redor mas ao mesmo tempo você está mergulhado dentro de um buraco escuro, frio, repleto de água turva e se afogando lentamente. Não tem ninguém lá.

Você não tem forças pra se apoiar, não consegue gritar e mesmo quando tenta, quantas pessoas irão te ouvir de verdade?

Só no mês anterior, pensamentos para limar minha vida vieram cada vez mais intensos. Duas vezes eu tive a oportunidade de finalizar com essa minha angústia e agonia, mas uma pequena fagulha acabou me tirando daquele lugar. E eu chorei o tempo todo.

E sabe o que me ajudou?

Meus amigos, minha mãe e meus irmãos que me salvaram. Eles sabiam que a depressão e a ansiedade eram coisas sérias. E me deram suporte e apoio. Estou aqui hoje por eles me entenderem quanto eu estou infeliz num trabalho que ganho até bem para os padrões de uma cidade do interior, mas me causa uma devastação emocional que me faz tremer todas as vezes que chega o período eminente de por os pés naquele lugar.

Por que você não cai fora?

Eu penso nisso no mínimo há 4 anos dos 9 que estou naquele lugar. Mas como tomar atitude com pessoas e desconhecidos agarrados no meu ouvido dizendo que se eu sair de lá nada mais vai me restar, que lá é meu futuro, que lá é a minha única alternativa. Como discernir do que é certo ou errado se o que sai da boca daquelas pessoas é o fator dinheiro e não o fator felicidade. Isso só me destrói cada vez mais. E com a nossa economia desgraçada desse jeito, como lidar com isso? Como discernir uma escolha que pode mudar muito o rumo da sua vida diante de tanta punhetagem capitalista?

Eu luto e brigo com isso desde há muito tempo. Me sinto sozinho, mesmo com muita gente em volta. Eu procurei toda a ajuda de um profissional, e aos poucos estou me alinhando, mas as pessoas ao meu redor muitas delas me dão vontade de explodir a minha cabeça. Ou a delas.

Graças ao universo estou no caminho pra melhorar. Tenho amigos maravilhosos que são a minha luz, minha casamata. E conheci recentemente uma pessoa que passa as mesmas coisas que eu. Tenho conversado bastante com ela e isso é maravilhoso, a conversa, a empatia. Outra luz é Minha mãe, que está acamada há mais de 14 meses com o fêmur quebrado, e é uma das que mais me faz seguir a felicidade e não o dinheiro. É por isso que estou lutando mais ainda contra esse buraco dentro de mim.

Hoje eu não precisei utilizar o CVV, mas as vezes você não tem escolha e tudo parece se afundar.

O meu apelo para você que está passando por coisas que as outras pessoas não entendem, por favor, ligue 141, procure ajuda com profissionais da área e não tome nenhuma atitude que te devaste pra sempre. Eu digo isso pois ainda estou passando por uma fase terrível, mas ainda tive pessoas iluminadas que me ajudam mais do que eu mereço. E é por elas que eu consigo explorar a última pequena chama de alegria dentro de mim.

É por isso que com muita força eu imploro, meu amigo, minha amiga, eu estou aqui pra conversar com quem quiser falar, estou aqui pra trocar experiências, pra poder criar uma conexão que te ajude a pensar mais sobre tudo o que se passa com você.

Afinal, todos nós somos especiais. Só precisamos aprender a entender isso.


Muito obrigado pelo desabafo e se você quiser falar comigo é só mandar e-mail para: danielconstantinirp@gmail.com


Uma boa conversa as vezes não resolve completamente seu problema, mas lhe ajuda a pensar e a mastigar suas ações antes de um problema maior ou de decisões sérias.


Estou te esperando! Enjoy!


Pesquisas: http://www.setembroamarelo.org.br/historia/

https://mdemulher.abril.com.br/estilo-de-vida/setembro-amarelo-o-que-e-importancia/# http://www.cvv.org.br/

#suicídio #CVV #Conversa #Depressão #Vida #Viver #Amor #Compartilhar #Alegria #ajuda #relato #SetembroAmarelo #Deus #Amizade #sensibilidade #CFM #ABP #Centrodeprevençãoaosuicídio

POSTS EM DESTAQUE